Qualificando o seu tempo!

O “TEMPO” costuma ser assunto em todas as etapas da vida de uma pessoa.

Alguns falam que “O TEMPO NÃO PASSA” e isso, normalmente até os 18 anos, é uma AFIRMAÇÃO!


Outros alegam precisar de 48 horas por dia para realizar todas as suas atividades, e por vezes fazem-no ter as tais 48 horas de forma brutal, como se o dia fosse contabilizado por noite dormida ou não dormida. Diria até que alguns conseguem fazer o seu dia ter 72 horas, quando contabilizado por “dormidas”. Mas este costuma ser um assunto entre os 19 e 30 anos.


Após os 30, o assunto tempo vem como um fardo que a pessoa carrega, tem até uma frase clássica que diz, “Depois que TRINTEI, não mais CONTEI”! O tempo após os 30 é diferente, ele costuma ter peso e até toneladas! Nesta fase, culpa-se o tempo por quase tudo, ele é o responsável pela falta de sono, falta de dinheiro, falta de vida social e tantas outras coisas que nem caberiam aqui.


Passados os tais 40 anos, quando a pessoa entra no famoso “ENTA”... O TEMPO VOA!

Esta é a fase onde muda o filme para: NOSSA! Passou tudo isso e eu nem vi, agora não tem mais tempo, já entrei nos “enta”... Aqui o tempo além de voar, chama atenção para uma pergunta fantástica e por vezes BOMBÁSTICA!


O QUE EU ESTOU FAZENDO COM O MEU TEMPO?


Chega então a fase de querer voltar no tempo, como se isto fosse concertar tudo o que não gostou neste filme que passou ao relembrava o passado. Mas então, é nesta hora que talvez, e normalmente acontece, o mundo parece CHACOALHAR. As pessoas procuram por mudanças de forma rápida porque querem aproveitar o tempo perdido.


Depois de muito trabalho, esgotamento, muito tempo tido como “perdido”, entre erros e acertos, buscas e conquistas, percebe-se, normalmente depois dos 60 anos, que o que precisava mesmo era ter QUALIDADE DE TEMPO! Pois, depois de tudo isso, escuta-se muito falar em “AGORA é só deixar o tempo PASSAR e ESPERAR”.


O tempo é exatamente igual para todas as pessoas, o que diferencia é o que cada uma faz com ele. Existem aqueles que correm “contra o tempo”, vivem acelerando o relógio, e o inverso também acontece, desaceleram, esquecem e deixam passar sem perceber. O "8 ou 80", no caso tempo, traz reflexões nada agradáveis quando se analisa por este aspecto.


Estes descompassos que por vezes chamam de arrependimentos, podem causar pressão alta, problemas cardíacos, estresse, depressão, ansiedade e tantas outras doenças psicossomáticas, e até mesmo doenças crônicas. Aquelas que não adianta chegar nos 40 para refletir, ela está instalada e agora a “pré” ocupação é pelo menos estagná-las.


Mas, VOCÊ já pensou em DEDICAR um tempo para QUALIFICAR o seu TEMPO?


As pessoas querem qualificar tanta coisa, não? Serviços, produtos, empresas, a vida dos outros, etc. Enquanto a maior pré-ocupação deveria ser qualificar o seu tempo, para que, com isso, a qualificação de tantas outras coisas aconteça sem que se perceba.

Este turbilhão de perguntas e comportamentos que geram o “8 ou 80” no tempo, são um reflexo da falta de compreensão e percepção das emoções.


Então, o SEGREDO está FOCADO nas EMOÇÕES para QUALIFICAR o tempo, antes de querer administrá-lo? YES! Este é o ponto.



QUALIFIQUE SEU TEMPO E VOCÊ TERÁ QUALIDADE DE VIDA EM TODOS OS SENTIDOS!


Vamos exercitar a qualidade de tempo e ter a compreensão de viver o presente?


Comece agora, só depende de VOCÊ!



#tempo #qualidade #presente #mudança #pnl #arrependimento #dedicação #doenças #estresse #depressão #emoções

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Av. Assis Brasil, 3535 - Sala 809 - Porto Alegre/RS - Jardim Lindóia - CEP 91010-004 

Celular / Whatsapp: 51-99232.0001 / 51-99150.9223

  • facebook-icon-preview
  • Instagram-logo